Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.cgu.gov.br/handle/1/65460
Título: Portaria n. 322, [de 31 de janeiro] de 2020
Autor(es): Brasil. Controladoria-Geral da União (CGU). Corregedoria-Geral da União (CRG)
Tipo: Portaria
Local de edição: Distrito Federal (DF)
Unidade Organizacional do Submetedor: UNIDADE::CORREGEDORIA-GERAL DA UNIÃO (CRG)::DIRETORIA DE RESPONSABILIZAÇÃO DE AGENTES PÚBLICOS (DIRAP)::Coordenação-Geral de Processos Administrativos Disciplinares (CGPAD)
Área temática: Correição
Assunto(s): ASSUNTO::Correição::Responsabilização disciplinar de servidores públicos
Palavras-chave: Processo Administrativo Disciplinar (PAD)
Data do documento: 31-Jan-2020
Data de publicação: 4-Fev-2020
Fonte de publicação: Boletim de Serviço Eletrônico da CGU
Resumo: Reconduzir a Comissão de Sindicância Patrimonial, designada pela Portaria nº 1.906, de 6 de agosto de 2019, publicada no D.O.U. nº 151, Seção 2, p. 54, de 7 de agosto de 2019, e tendo como último ato a prorrogação efetivada pela Portaria n° 24, de 6 de janeiro de 2020, publicada no D.O.U. n° 5, Seção 2, p. 39, de 8 de janeiro de 2020, referente ao Processo nº 00190.105693/2019-54, para continuidade dos trabalhos apuratórios.
URI: https://basedeconhecimento.cgu.gov.br/handle/1/11912
Observações/Notas: Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida Comissão
Detentor de Direitos Autorais: Controladoria-Geral da União (CGU)
Permissões e restrições de uso: Licenças::Domínio Público::Condição jurídica para as obras que não possuem o elemento do direito real ou de propriedade que tem o direito autoral, não havendo restrições de uso por qualquer um que queira utilizá-la, desde que estejam em conformidade com o artigo 45 da Lei nº 9.610/1998.
Aparece nas coleções:Portarias Administrativas - Correição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Portaria_322_2020.pdf163.84 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.