Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.cgu.gov.br/handle/1/18654
Title: Sociedade e Estado: Quem Controla Quem? Diferentes abordagens do controle social e a evolução das relações Sociedade-Estado
Other Titles: Society and State: who controls whom? Different approaches of Social Control and the evolution of Society-State relationships
Authors: Silva, Rodrigo de Bona da
metadata.dc.type: Artigos
metadata.dc.subject.classification: PREVENÇÃO DA CORRUPÇÃO E TRANSPARÊNCIA PÚBLICA
metadata.dc.subject.keyword: Controle social
Sociedade
Estado
Administração pública
Issue Date: Dec-2016
Publisher: Revista da Controladoria-Geral da União (CGU)
Abstract: Este artigo analisa três interpretações do conceito de controle social sob duas diferentes abordagens utilizadas ao longo da história nas ciências sociais. Para tanto, são identificados alguns dos principais autores e conceitos associados a cada entendimento, bem como os modelos de administração pública vigentes nesses contextos históricos. A abordagem mais antiga surgiu na sociologia no século XIX, representando um controle do Estado sobre a Sociedade, positivo e até necessário para garantir coesão, integração e ordem social. Em sentido negativo, o termo também era usado pela teoria social crítica, especialmente na segunda metade do século XX, ao tratar das relações de poder e dominação ideológica a serviço de interesses de classes dominantes, um controle social mais amplo que inclui o uso da máquina estatal. Esses entendimentos, embora opostos entre si, representam um controle sobre a Sociedade, seja por organizações, classes sociais, ou pelo Estado, especialmente no contexto da velha administração pública, patrimonialista e burocrática. A nova abordagem, como um controle da Sociedade sobre o Estado, surgiu no início da década de 1990, em estudos sobre movimentos e organizações sociais, bem como sobre a participação da sociedade no planejamento, implementação e avaliação de políticas públicas, a partir do modelo da nova gestão pública, gerencialista e neoliberal. O controle social da antiga relação Estado-Sociedade e da teoria crítica traz consigo termos como ordem social, poder, dominação, estado, ideologia e burocracia. Já na nova relação Sociedade-Estado, destacam-se conceitos como movimentos sociais, democracia deliberativa, ação comunicativa, participação e empowerment social, temáticas ligadas à busca por um novo serviço público neste século XXI, legitimado, coproduzido e compartilhado entre poder público e cidadão.
Description: v. 8, n 13, p. 404-423, 2016
ISSN: 1981-674X
metadata.dc.description.physical: v. 8, n 13, p.404 - 423, 2016
URI: https://basedeconhecimento.cgu.gov.br/handle/1/822
metadata.dc.rights.holder: Revista da Controladoria-Geral da União (CGU)
Appears in Collections:Edições 2016

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.